X-Men: Apocalipse insinua que Jesus teria sido um mutante

x-man apocalipse profetirando polêmicaO novo filme da popular franquia X-Men, produzida pela FOX, apresentará um antigo antagonista do grupo de mutantes nos quadrinhos: Apocalipse.

Dirigido por Bryan Singer, “X-Men: Apocalipse” promete causar polêmica ao envolver religião na história. Pelo que pudemos ver no trailer, a obra irá além dos quadrinhos ao referenciar Apocalipse não só como o mutante mais antigo do mundo, que já foi adorado como um deus no Egito antigo.

Um dos momentos marcantes do vídeo que tem por interesse nos mover até as salas de cinema é quando Apocalipse declara já ter sido chamado por muitos nomes: “Já fui chamado de várias coisas em muitas vidas. Rha, Krishna, Jeová…”

O cristianismo já é referencial importante e inerente ao perfil do vilão Apocalipse, desde sua criação nas revistinhas da Marvel. Seu nome e o fato de usar quatro cavaleiros, chamados “Cavaleiros do Apocalipse”, são referências óbvias e até inofensivas.

Mas o filme vai além ao insinuar que Jesus — ou imagem que o povo de Israel tinha de Deus — teria sido Apocalipse, ou seja, um mutante. E que o processo de inspiração é inverso. Apocalipse seria tão antigo que não se inspirou na Bíblia; são as Sagradas Escrituras que se inspiraram nele.

“Ele tirou isso da Bíblia”, diz um dos X-Men, ao passo que uma pesquisadora responde: “Ou a Bíblia tirou dele.”

O rico trailer expõe ainda que no universo da obra cinematográfica, existem sociedades secretas que veem os mutantes como uma “Segunda Vinda” (?) e um sinal de Deus.

A guinada religiosa do filme é evidente, e ultrapassa em peso as referências mais brandas que a história original nos quadrinhos faz. Claro, pode ser apenas “sensacionalismo” de trailer, mas para confirmar precisaremos aguardar a estreia do filme.

Fonte: Gospel Prime

Compartilhe a zoeira

Comentários

Comentários

Você pode gostar...