6 coisas que o Fortnite pode nos ensinar sobre o cristianismo

Cada desafio que você experimenta pode aproximá-lo de Deus, se assim você permitir.

Você é um dos milhões jogando Fortnite? Se não for, não vai entender muito o que vou abordar aqui, mas vale a leitura mesmo assim. Você é novo no mundo ou seu XP está empilhado? O jogo temático de sobrevivência está realmente arraigado com lições profundas que você pode ter perdido. Não acredita? Vou mergulhar e dar uma olhada mais profunda sobre isso. Bora lá?

O jogo é popular porque toca nos aspectos que compõem um indivíduo. É basicamente como o jogo The Sims, mas com uma vibração diferente. Ao entender essa abordagem e aplicação, intencional ou não, os jogadores do Fortnite podem aprender sobre criação.

Experiência é o melhor professor

XPs exibem para todos como você realmente é experiente. Sem saber quem você é, outros jogadores podem identificar sua experiência e reconhecer o quão bem você joga o jogo. Os cristãos querem a mesma coisa – eles vivem para Cristo, mas querem viver bem. A vida tem seus altos e baixos. Não importa o quanto você tente, você nunca será capaz de fazer as coisas acontecerem exatamente como você gostaria.

No Fortnite, você nunca sabe quem pode estar à espreita em segundo plano. Então, você se prepara e continua aprendendo com os contratempos. Por fim, a única maneira de melhorar a sobrevivência é através da experiência. Você precisa continuar tentando repetidamente. Esses preciosos pontos de experiência se traduzem em uma perspectiva cristã.

Um cristão não quer apenas fazer o mínimo para sobreviver. Esse indivíduo quer fazer tudo ao seu alcance para viver uma vida realizada – o que significa sobreviver o maior tempo possível. Essencialmente, todo mundo aprende com seus erros e continua a crescer.

Estamos todos juntos melhor

Você não precisa ser um fã de história para saber que as alianças são a chave do progresso. Seu esquadrão Fortnite serve como um par de olhos adicionais. Você conhece o ditado: “Tenho olhos na parte de trás da minha cabeça?” Isso é praticamente a mesma coisa. Seu esquadrão diz o que está acontecendo e aparece quando você está com problemas.

Os cristãos operam da mesma maneira. Eles parecem ter as costas um do outro e funcionam melhor em grupo. Na igreja, os cristãos se reúnem para apreciar a bondade de Deus – juntos, sua fé é mais forte e mais poderosa.

Todos os seres humanos são criados para serem criaturas sociais e projetados para confiar na cooperação para sobreviver e prosperar. Ninguém pode fazer isso sozinho, e o Fortnite nos capacita a entender esse conceito importante. Amigos de confiança são a chave para a sobrevivência. Sem um esquadrão, você está correndo sozinho e as chances de sobrevivência são menores.

Criação

Em Deuteronômio 10:14, a criação é discutida. A ideia de que tudo foi criado e que Deus é o Criador. No Fortnite, os jogadores são desafiados a criar um mundo inteiro do nada – assim como o plano de Deus. Deus criou a terra e os céus do nada.

Enquanto você constrói seu mundo, no Fortnite, você está desenvolvendo um lugar em que outros esperam vir para se juntar à sua aliança e encontrar a salvação. Com isso, haverá inimigos e você nem sempre saberá de onde eles vêm.

Por fim, você realmente se preocupa com a sua comunidade, porque essa é a natureza humana. Caso contrário, você não criaria um espaço alternativo no Fortnite e não se incomodaria em apaziguar outros jogadores no jogo.

Powered by Rock Convert

No final, o objetivo geral é a sobrevivência e sem a criação a sobrevivência é inexistente. Fortnite está ensinando os jogadores a criar com cuidado e considerar como seu espaço afeta os outros – para o bem e para o mal.

As recompensas estão em toda parte

Obviamente, quanto mais Fortnite você jogar, mais recompensas você desbloqueará. Mesmo você não sendo um cristão materialista, sabe que novas roupas e sapatos, por exemplo, nos ajudam todos os dias. Existem várias variações de recompensas.

A primeira recompensa é menos tristeza. Se alguém vive para Deus, as regras já estão estabelecidas. Elementos difíceis como luxúria podem criar dor e mágoa. No entanto, cumprir as regras que Deus estabeleceu aliviará a maior parte do estresse.

O que nos leva à segunda recompensa, menos arrependimentos. Viver para Deus ajuda as pessoas a tomar boas decisões e levar uma vida na direção certa. Por mais estranho que possa parecer, Fortnite instila essa mesma vocação. Se você trabalha para construir uma comunidade e se alinhar com uma mentalidade otimista, seu jogo continuará. É simples assim!

Criar um campo de jogo nivelado

Um dos maiores temas da Bíblia é o julgamento. Ninguém é melhor que ninguém. A única pessoa que tem o direito de julgar é Deus.

Fortnite ensina aos jogadores a mesma mentalidade comum. A única pessoa que tem o poder de julgar é o jogo. Pense, o jogo é produzido para atribuir pontos com base no seu sucesso e sobrevivência. Sim, os desenvolvedores criam o jogo; no entanto, o jogo está realmente executando o programa.

Ninguém na sua equipe (ou qualquer outra equipe) tem o direito ou poder de julgá-lo. Seus XPs são ganhos e também sua reputação geral. Para manter sua comunidade Fortnite, você deve aparecer para o seu povo e evitar a guerra. O campo de jogo é essencial, até porque qualquer um pode jogar e não há um status quo que você deva conhecer. Todo mundo está incluído. É basicamente como igreja.

Se liga! Uma igreja não requer nenhum ponto de entrada ou se inclina para um determinado tipo de pessoa. Jesus derrubou esses obstáculos, porque queria que todos fizessem parte de Sua missão. Você observa o ponto em comum?

Uma missão clara

Fortnite nos ensina que há uma missão clara: sobrevivência. A ideia de que estamos vivendo um ideal; “um por todos e todos por um” ​​é sagrada. No jogo, cada pessoa contribui para o todo. Quando há problemas, toda pessoa no esquadrão contribui para a sobrevivência.

O jogo está preparando os jogadores para as inevitáveis ​​lutas da vida real e as táticas com as quais todos precisam se equipar. O objetivo de todos é viver uma vida realizada, cercada pelas pessoas que importam. Aparecer um para o outro é como esse objetivo é alcançado.

O estilo do jogo incentiva a consciência positiva do ambiente, um jogo conservador, mas decisivo. A criatividade criada em torno da sobrevivência encoraja os jogadores a criar ou montar armadilhas. Os cristãos seguidores de Deus estão tomando as mesmas decisões estruturadas em sua vida cotidiana.

A experiência interativa que um jogador recebe ao participar do Fortnite não é realmente um evento solo em casa – apesar do que os outros possam acreditar. Fortnite pode ser uma ferramenta para ensinar os jogadores sobre a criação e como podemos acentuar nossos aspectos sociais (e habilidades).

Na essência, todo ministério é sobre as pessoas por trás dele e a comunidade criada a partir de seres humanos comuns – empreiteiros, corredores, campistas, viciados em compras e iniciantes.

Por Angela Guzman

Comentários

Comentários

Você pode gostar...

shares