Após novo recorde, pastores passam a cobrar dízimo em dólar

Hoje, dia 22 de setembro, o dólar passou dos R$ 4 pela primeira vez na história. É algo que tem sido comentado durante toda a manhã de hoje. As redes sociais estão a mil, comentários recheados de críticas ao governo e as empresas se reestruturando com a notícia. Chegou até a nossa redação que a CNPEB (Confederação de Pastores Evangélicos do Brasil) está em reunião neste exato momento para discutir se os dízimos podem ser cobrados em dólar. Se tudo ficar acertado e a maioria dos votos optar pelo SIM, a partir do próximo domingo (dia 27) as igrejas já passaram a cobrar dízimos e ofertas apenas em dólar.

“A gente tem que acompanhar a evolução da economia e se reinventar com tudo o que está acontecendo”. Afirma Carlos Fonseca Jr., presidente da CNPEB.

E você, o que acha disso?! Deixe nos comentários.

Este blog é de humor e essa notícia é fictícia. Não leve tudo tão a sério.

Comentários

Comentários

Você pode gostar...