É disso que eu tô falando, Brasil

Quando assisti esse vídeo, fiquei pensando em como deveríamos agir e o quanto estamos parados vendo as coisas se perdendo e usando nosso tempo para falar mal, enquanto estamos sentados no sofá e em frente ao computador. Vamos agir! Veja este exemplo de coragem! =)

LoL A cara da “pregradora” é de cair de rir. 😀

Você também pode gostar:

Comentários

Comentários

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Camila Almeida disse:

    kkkkkkkkkkkkkkk… quando Jeova fala o capiroto se rebela logo.A lôra fico empilahada e os rôbos dela tbm kkkkkkkkkk…

  2. Laila disse:

    Um momento, por favor… Agora o templo é dela e não de Deus??
    COMO??? É isso mesmo Produção?

  3. Priscilla disse:

    Nuss, que coragem… Parabéns para ele.
    Mas concordo com Laila, desde quando o templo é dela??? Ela não tem direito nenhum de expulsar alguém da casa de Deus.

  4. dione disse:

    primeiro precisamos saber qual era a pregação dela né?

  5. Li disse:

    Primeiro, qual foi a pregação dela?
    Segundo, a justiça é de Deus, não cabia a ele julgar se a palavra era de Deus ou não, quem dirá, condenar!
    Terceiro, se milagres não fossem pra ser pregados, por que eles estariam na bíblia?
    Existem várias ministérios e nenhum é a arca de Noé, cabe respeitar o forma de cada um pregar o evangelho e congregar no lugar que mais lhe agrada!
    Se acha que algo está errado com determinado ministério, ore! Julgar e condenar está longe de ser uma boa solução!
    Fiquem na paz!
    Abs

  6. Teofilo disse:

    Então, não estou defendendo a mulher, mas seria legal vermos um pouco mais, saber o que a mesma estava pregando.

    Porém, esse papo de que não se deve falar nada com relação a pregação dela e que ninguém é dono da verdade é bobagem.

    Podemos sim, ser contra alguém que se passa por mensageiro do evangelho, podemos e devemos ir contra heresias pregadas. Imagina se Deus não tivesse levantado os reformadores para ir contra a igreja daquela época?

    Se a mensagem for herética, parabens a esse pastor.

    Mas dá pra ver como o publico que frequenta o templo daquela mulher ( sim, o lugar é dela, Deus não habita em templos feito por mãos humanas ) querendo até mesmo agredir o pastor, dá pra ver que ensinamento Cristão Biblico está em falta naquele lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *