Diferença entre o crente e o cachaceiro

Deixe o orgulho do lado e a besteira de não poder ouvir música do mundo. Dê play e saiba com Cajú e Castanha a diferença entre o crente e o cachaceiro.


Compartilhe a zoeira

Comentários

Comentários

Você pode gostar...

11 Resultados

  1. Michael disse:

    HAHAHHAHAA

    muito boa !

  2. Zank disse:

    eu ouvia essas musicas em 2006 xD

    esses caras sao mto feras

  3. Brenda disse:

    “Deixe o orgulho do lado e a besteira de não poder ouvir música do mundo” ISSO NÃO É QUESTÃO DE ORGULHO, E SIM, SANTIDADE. Como pode um fonte de águas jorras 2 tipos(amarga e doce) ?? Pense nisso..

  4. Raquel disse:

    uou! \o/
    muito maneiro

  5. Mayconn disse:

    Onde está escrito que não se deve ouvir musicas do mundo?
    E em que isso interfere na santidade das pessoas?

    Se for dessa forma, vamos parar de assistir programas de televisão do mundo, filmes do mundo, acessar sites do mundo, comer e beber as coisas do mundo, enfim…

  6. Não se trata de uma lei (“onde está escrito?”), mas sim de um exemplo. Com certeza você concorda que após Jesus ter nos libertado do pecado, vivemos para adorá-lo e honrá-lo a cada segundo de nossas vidas. Então devemos evitar qualquer tipo de influência/ambiente que possa nos levar de volta ao pecado e se a música que o mundo produz pode te levar a isso afaste-se dela. Não quero dizer que não devemos saber o que ocorre no mundo, mas devemos evitar todo tipo de má influência que dele provem.

  7. Em João 17:15 vemos Jesus intercedendo em sua grande oração sacerdotal por nós “Não rogo que os tires do mundo, mas que os protejas do Maligno.”. Então, devemos nos abster do que está neste mundo tão caído e pode fazer mal para nossa vida cristã. Não quero que entenda isso com uma crítica ou algo do tipo, mas como uma exortação em amor. Pense nisso: enquanto você ouve uma música do mundo, como você está gloficando a Deus? “Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.” 1Co10:31. Graça e paz.

  8. Mayconn disse:

    É exatamente isso que estou falando, Paulo!
    Será que não é possível ser edificado por uma música do mundo?
    Peguemos a música do Roberto Carlos: “Amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito!”
    Não parece haver nada anti-biblico ou contaminoso nesta letra.
    E se o problema estiver na vida do cantor, não significa nada também, pois somos tão pecadores quanto ele (a única diferença é que reconhecemos nossos pecados)

  9. O que eu quero dizer, em resumo, não é que a música do mundo não tenha verdades ou topicos edificantes e uteis para sua vida. Mas não se deve buscar nela o seu alimento; ela não deve ser, digamos “sua música favorita”. Estamos no mundo e são inegável transformações socio-culturais que a música fez ao longo da história, as vezes, bastante interessante para a sociedade. Porém como cristãos devemos dar preferência a música cristã. Não se trata da musica em si, mas do coração. Façamos como os judeus, cantando salmos ao longo de nossa caminhada para nos encontrar com o nosso Senhor Jesus! A questao é porque você ouve. Não é uma proibição conhecer e ouvir músicas do mundo, é claro que não! O que não deve ser feito é fazer dela seu “esteio”. Mas lembre-se que como você diz, a “única diferença” da musica cristã para a do mundo é o reconhecimento de pecados e isso é o fator primordial para mudança de vida. Logo a propria intenção da musica muda. Graça e Paz!

  10. Mayconn disse:

    A própria intenção da música muda, mas se não conhecermos a vida do cantor, como saberemos se a intenção dele é louvar a Deus ou ganhar mais dinheiro encima de um mercado que fatura milhões por ano?
    Eu tenho separado as músicas entre boas e ruins, e embora a playlist do meu Mp4 só contenha músicas
    cristãs, eu não me importo com a origem da música, eu olho a letra, se for edificante para mim e me fizer refletir eu escuto, se não…
    (Faço isso com todas as músicas, pois existe muita música gospel de qualidade duvidosa)

  11. Filipenses 4.8
    8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.
    Col 3:1. “se fostes ressucirtados juntamente com Cristo buscai as coisas que são de cima onde Cristo esta assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque morreste, e a vossa vida esta escondida com Cristo em Deus”.
    (I João 4:4) – Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo.
    (I João 4:5) – Do mundo são, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve.
    (I João 4:6) – Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro.

    Tudo é licito mas nem tudo convém

    Buscamos santificar a Deus o profeta elias disse aos 450 profetas de Baal até quando vcs vao servir a dois deus se baal é deus segui se Deus é Deus segue ou seja nao podemos ficar em cima do muro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *